segunda-feira, 23 de maio de 2016

'Aquarius' tomou goleada de países que não possuem ministérios da cultura


Imagem: Reprodução / Brasil em Pauta
O site Brasil em Pauta chama a atenção para o fato de que o filme 'Aquarius' não foi premiado em nenhuma categoria no festival de Cannes: 

Após ter tentado sem sucesso chamar a atenção da imprensa internacional ao protestar em pleno tapete vermelho do Festival de Cinema de Cannes contra o impeachment da presidente do Brasil, Dilma Rousseff, chamando o processo de golpe, o elenco do filme “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho, volta da França neste domingo (22) de mãos vazias. O longa não conseguiu nenhum prêmio. A equipe protestou principalmente pela possível integração entre o Ministério da Cultura com o Ministério da Educação, algo que poderia reduzir os repasses do governo para a classe artística, tão beneficiada no governo Dilma com financiamentos generosos via leis de incentivo.
Além de perder para o britânico “I, Daniel Blake” na categoria de melhor filme, “Aquarius” tinha a esperança de levar o prêmio de melhor atriz. Sônia Braga, entretanto, foi superada pela filipina Jaclyn Jose, por Ma’Rosa.


Leia também: 
Artistas e produtores comentam recriação do Ministério da Cultura
Alexandre Garcia faz chacota de cineasta que denunciou 'golpe' após declaração contraditória e repercute na web


O site Ceticismo Político lembra que os países que foram premiados em Cannes não têm ministério da Cultura. O site traz o post de Priscila Chammas Dáu:



Segundo o Ceticismo Político, "A derrota de “Aquarius” é também isso: a morte do argumento de que precisamos de um ministério exclusivo para a Cultura".

A falta de prêmios do filme foi motivo de chacota nas redes sociais. Internautas perguntam se isso também foi um "golpe". 

Veja também: 





Luciana Camargo
Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...