terça-feira, 31 de maio de 2016

'Com o PT fora do governo, a imprensa misteriosamente parou de contar o número de manifestantes', ataca jornalista


Imagem: Reprodução
O editor do site Implicante repercutiu na web ao fazer um questionamento inusitado. Por que teria boa parte da imprensa parado de contar manifestantes após o afastamento do PT do Governo Federal, considerando-se que isso era tão frequente? Leia abaixo:
Com o PT fora do governo, a imprensa misteriosamente parou de contar o número de manifestantes
Alguém mais já notou isso?
Manifestantes hostilizam Michel Temer. Manifestantes xingam ministro. Manifestantes levantam plaquinhas. Manifestantes isso e aquilo.
Ok, mas quantos? E quem são eles?
Quando era Dilma Rousseff no poder e quem protestava contra o governo não vestia vermelho, a contagem de pessoas era uma praxe. Opa, foram 100 mil? Ridículo, muito pouco, não dá nada. 80 mil? Menos ainda, absurdo. Não faltavam “analistas” com a pauta manjadíssima do “as ruas perderam a força” (quantas vezes não lemos isso ao longo de 2015/2016?).
Agora, porém, esses números misteriosamente sumiram. Não são mais um ponto OBRIGATÓRIO das matérias e das coberturas. Podem ser milhões, pode ser só meia dúzia. Nunca saberemos. E fotos, claro, sempre em plano fechado, com aqueles dez ou vinte bem juntinhos. Os planos mais abertos são raros (a imagem deste post, por exemplo, é um print da tela da TV, não saiu em qualquer jornal).
Ah, sim! Também sumiram as matérias com “curiosidades” sobre manifestantes, aquelas com perguntas capciosas, feitas pra ridicularizar quem era contra o governo, algumas até mesmo em vídeo. Agora, isso acabou. Todos são milagrosamente bem intencionados, com vocação ideológica inabalável e “gente do povo” (mesmo com bandeiras de entidades sindicais e associações com fundos milionários).
Outro sumiço: noticiar quando algum vizinho do irmão do parente do cunhado de um assessor está na multidão. Já era. Isso é coisa do passado também. Se os “manifestantes” atuais são todos de um mesmo gabinete de deputado ou senador, tanto faz, ninguém mais entra nesse mérito.
Sinal dos tempos.
Veja o vídeo: 


Leia também: 
Senador Álvaro Dias aponta que PT tirou mais de R$700 bilhões dos brasileiros para mandar a ditadores corruptos e sanguinários e grupos empresariais; veja
Vídeo de artistas conclamando à ocupação de ministério para derrubar Temer gera enxurrada de críticas; veja
Cunha aciona STF contra Jean Wyllys
Marcelo Odebrecht está prestes a fechar delação premiada, diz Valor
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...