domingo, 1 de maio de 2016

Com presença de Dilma, ato da CUT em São Paulo atrai apenas 50 mil pessoas


Imagem: Peter Leone/Futura Press
O ato da CUT no Vale do Anhangabaú teve presença de Dilma Rousseff. Segundo a organização, participaram 100 mil. Segundo a PM, 50 mil. A presidente anunciou reajuste de 9% para os beneficiários do Bolsa Fampilia; correção de 5% da tabela do Imposto de Renda a partir de 2017; contratação de 25 mil moradias do "Minha Casa, Minha Vida Entidades"; proposta de ampliação da licença paternidade para funcionários públicos de 5 para 20 dias; criação do Conselho Nacional do Trabalho; e criação do plano safra da agricultura familiar.
Leia também: 

Do mesmo ato da CUT, participou Rui Falcão, presidente nacional do PT. "A luta continua, não vai ter golpe", afirmou. "O programa de Temer é regressivo. Temos de reagir ao golpe. Temos de manter o saldo maior", disse. Segundo ele, o PT não conversará com Temer. "Eu não converso com golpista, eu não converso com quem trai sua própria colega de chapa. .

O ex-presidente Lula, que era esperado pelos organizadores para discursar, não foi à manifestação. O deputado federal Paulo Teixeira (PT) disse que Lula optou por não discursar para que o espaço no Vale do Anhangabaú fosse só da presidente Dilma Rousseff. A CUT esperava reunir entre 80 mil a 100 participantes.

Veja também: 

 
 
 

 


G1
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...