terça-feira, 10 de maio de 2016

'Horda' de Maria do Rosário, do PT, causa tumulto em aeroporto e xinga a PF de 'fascista'; veja


Imagem: Reprodução / Youtube
A Polícia Federal deteve em Brasília na tarde desta terça-feira (10) 73 mulheres que protestavam contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff a bordo de um avião da TAM. 

Enquanto estavam na Polícia Federal, as mulheres causaram tumulto e chamaram os policiais de "fascistas": 



A confusão começou quando dois deputados federais que votaram pelo afastamento da petista – Jutahy Magalhães Júnior (PSDB-BA) e Tia Eron (PRB-BA) – entraram na aeronave, ainda em Salvador (BA). Não houve agressão física. Todas foram liberadas após depoimento.

Leia também: 
Vídeo em que deputados petistas cercam e agridem deputada favorável ao impeachment gera revolta na web
Casa Civil quer esconder e-mails de ‘Bessias‘ por 100 anos
Militantes do MST, CUT e PT invadem loja e a vandalizam durante ato em defesa de Dilma; veja
O grupo conta que reagiu à entrada dos parlamentares com gritos “contra o golpe” antes da decolagem e repetiu os cantos após a aterrissagem, às 13h. O comandante do voo avisou então que acionou a polícia e que ninguém deixaria o avião até que os agentes chegassem.

Segundo ela, os agentes disseram que elas estavam detidas por colocar em risco a segurança da aeronave. “Aí a gente não aceitou esse tipo de acusação, porque não colocamos em risco a aeronave, porque apenas nos manifestamos e em momentos que não atrapalharam a condição de voo.”

Por e-mail, a TAM disse que foi necessário o apoio da Polícia Federal "em função de comportamento indisciplinado de clientes a bordo". Os passageiros que embarcariam na aeronave no voo seguinte foram remanejados.


"A empresa reforça ainda que segue os mais elevados padrões de segurança, atendendo rigorosamente aos regulamentos de autoridades nacionais e internacionais", informou em nota.

As mulheres só foram liberadas pouco antes das 16h. Não houve registro de ocorrência. As deputadas Maria do Rosário (PT-RS) e Moema Gramacho (PT-BA) e a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) foram ao aeroporto prestar apoio às mulheres.


Veja também: 


 
 

G1
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...