sábado, 28 de maio de 2016

Juízes avisam que ‘continuarão vigilantes’ por Lava Jato


Imagem: Divulgação
A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) saiu em defesa, nesta sexta-feira, 27, do juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, e do Supremo Tribunal Federal. Em nota oficial, a entidade que aloja em seus quadros cerca de 15 mil juízes em todo o País se manifesta contra ‘ingerências que atrapalhem ou desqualifiquem a atuação do Supremo e do juiz Sérgio Moro’.


Moro e o STF têm sido alvos de ataques pesados de nomes importantes do PMDB, como o presidente do Congresso, senador Renan Calheiros, e do ex-presidente da República José Sarney (1985/1990).

Leia também: 

AMB repudia ‘qualquer tentativa de impedir a autonomia do Poder Judiciário, especialmente na atuação frente ao processo de combate à corrupção no Brasil’ e alerta que os juízes ‘continuarão vigilantes’ contra possíveis interferências na Operação Lava Jato.

O posicionamento da entidade ocorre em reação aos polêmicos diálogos do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado com Sarney, com o ex-ministro Romero Jucá e Renan Calheiros. As conversas mostram a cúpula do PMDB tramando contra o cerco da Lava Jato a políticos.

“Fatos recentes, como novas gravações divulgadas, reforçam ainda mais o posicionamento imparcial e firme da magistratura contra ingerências que atrapalhem ou desqualifiquem a atuação do Supremo Tribunal Federal (STF) e do juiz Sérgio Moro”, segue o texto.

A AMB ainda reitera o apoio irrestrito às investigações, reafirma a confiança nas instituições, sobretudo no Judiciário, e exige a garantia da independência da magistratura, ‘rejeitando toda e qualquer forma de intimidação dos juízes em suas atividades estritamente jurisdicionais’.

LEIA A ÍNTEGRA DA NOTA DA AMB:

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) repudia qualquer tentativa de impedir a autonomia do Poder Judiciário, especialmente na atuação frente ao processo de combate à corrupção no Brasil.
Independentemente dos rumos tomados pela crise política brasileira, os juízes continuarão vigilantes contra possíveis interferências na continuidade das investigações da Operação Lava Jato. Fatos recentes, como novas gravações divulgadas, reforçam ainda mais o posicionamento imparcial e firme da magistratura contra ingerências que atrapalhem ou desqualifiquem a atuação do Supremo Tribunal Federal (STF) e do juiz Sérgio Moro.
A AMB reitera apoio irrestrito às investigações, reafirma a confiança nas instituições, sobretudo no Judiciário, e exige a garantia da independência da magistratura, rejeitando toda e qualquer forma de intimidação dos juízes em suas atividades estritamente jurisdicionais.
Hadja Rayanne AlencarPresidente em exercício da AMB

Veja também: 


 
 

Mateus Coutinho e Fausto Macedo

O Estado de S. Paulo
Editado por Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...