quinta-feira, 19 de maio de 2016

Lula e Dilma quebraram a Eletrobras, dizem jornalistas


Imagem: Reprodução / Veja
A Bolsa de Nova York suspendeu, ontem, a negociação de ações da Eletrobras, porque a empresa não entregou no prazo o balanço auditado. A empresa de auditoria recusou-se a assinar o balanço porque este não refletia os prejuízos causados pela corrupção na empresa. Os jornalistas do site O Antagonista comentam a suspensão e afirmam que Lula e Dilma quebraram a Eletrobras. 


Leia abaixo o texto do Antagonista: 

A Eletrobras foi suspensa da Bolsa de Nova York porque os auditores da KPMG se recusaram a aprovar suas contas.
Por um único motivo: a Eletrobras ignorou o prejuízo causado pela roubalheira revelada pela Lava Jato.
O assalto à Eletrobras foi tão selvagem quanto o assalto à Petrobras. Só em Belo Monte PT e PMDB levaram 150 milhões de reais em propinas.
Esse é o legado de Lula e Dilma Rousseff: eles devastaram o Brasil.

Leia também:
Dilma pede helicóptero e comitiva para ir a Belo Horizonte, e Presidência nega
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...