sexta-feira, 20 de maio de 2016

STF envia pedido de investigação contra Edinho Silva para Justiça Federal


Imagem: Ueslei Marcelino / Reuters
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quinta-feira o envio para a Justiça Federal em Brasília de um pedido de investigação contra o ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social Edinho Silva (PT). Ex-auxiliar da presidente afastada Dilma Rousseff, Edinho foi citado na delação premiada do senador cassado Delcídio do Amaral (ex-PT-MS) como a pessoa que teria sugerido que fosse feito caixa dois na campanha eleitoral do ex-petista ao governo de Mato Grosso do Sul em 2014. Edinho Silva nega as acusações. O caso foi remetido à Justiça Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal porque Edinho perdeu o direito a foro privilegiado ao ser exonerado junto com os demais integrantes do governo Dilma. Nos autos, Zavascki considerou que as suspeitas não têm relação com o escândalo da Petrobras e, por isso, não teriam de ser analisadas pelo juiz Sergio Moro.


Leia também: 
Mulher do marqueteiro de Lula e Dilma diz que dona da Friboi pagou caixa 2 ao PT
Propinas para o PT saíram de ‘obras passadas, presentes e futuras’, diz empreiteiro
Afastamento de Dilma pode levar vários de seus ministros e auxiliares à prisão
Membros do primeiro escalão de Dilma poderiam estar presos se não fossem ministros
Delação de empreiteiro vai envolver dois auxiliares de Dilma no escândalo do petrolão

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...