segunda-feira, 25 de julho de 2016

Descontentes, delegações estrangeiras bancam obras na Vila Olímpica


Os prédios apresentaram vazamentos e fios expostos, além de terem
itens furtados e não terem mangueiras contra incêndio
Imagem: G1
As delegações dos Estados Unidos, Itália e Holanda pagaram por conta própria funcionários temporários que realizaram obras de acabamento em apartamentos da Vila Olímpica, onde os atletas ficarão alojados a partir deste domingo (24).

Descontentes com o que viram, os três países decidiram arcar com as contas para melhorar a situação do local.

O Comitê Organizador da Rio-2016 admitiu à Folha que abrirá o espaço aos competidores com algumas pendências, que terão de ser resolvidas nos próximos dias.

Os apartamentos foram entregues aos atletas no domingo. Na última semana, funcionários das delegações tiveram acesso ao local. No momento da entrega, as delegações da Austrália e da Suécia recusaram-se a ficar no local, preferindo ir para hoteis. 

Leia também:
175 cidades confirmaram manifestações no dia 31/7; veja a lista

EUA, Itália e Holanda contrataram terceirizados para diferentes funções, desde colocação de lâmpadas, a ajustes de encanamento e trabalho de limpeza. Não há informações de qual foi o valor desembolsado pelas delegações com os serviços.

Os três países foram procurados por meio da assessoria de imprensa dos respectivos comitês, mas não responderam até a publicação da reportagem. O Comitê da Rio-2016, por sua vez, confirmou que houve a contratação de funcionários independentes.

Dezessete mil atletas são esperados durante o período dos Jogos Olímpcos. A cerimônia de abertura acontece no dia 5 de agosto, no estádio do Maracanã.

Veja também: 









Camila Mattoso
Folha de S. Paulo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...