terça-feira, 5 de julho de 2016

Ex-tesoureiro do PT pagava 'mesada' a madrinha de bateria


Imagem: Reprodução / TV Restinga
Um dos delatores da Operação Lava Jato, o ex-vereador do PT em Americana (SP), Alexandre Romano, o Chambinho, entregou à Procuradoria da República recibos de depósitos, a pedido do ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira, para a madrinha de bateria da escola de samba Sociedade Recreativa e Beneficente Estado Maior da Restinga, Viviane da Silva Rodrigues. Entre 2010 e 2012, madrinha teria recebido R$ 61,7 mil em 18 parcelas.


Paulo Ferreira teve prisão decretada na Operação Abismo, 31ª fase da Lava Jato, mas já está preso desde o fim de junho, alvo da Custo Brasil, que pegou o ex-ministro Paulo Bernardo (Planejamento/Governo Lula e Comunicações/Governo Dilma). No pedido de prisão do ex-tesoureiro do PT, a Procuradoria afirma que Chambinho entregou ‘uma série de documentos que comprovam as transferências bancárias e pagamentos que efetuou a pedido de Paulo Ferreira, detalhando ainda o vínculo entre os recebedores e o ex-tesoureiro’.

Leia também: 

Os valores destinados à madrinha da bateria teriam saído das propinas de R$ 39 milhões que verteram de contratos das obras do Centro de Pesquisas da Petrobrás (Cenpes), no Rio.

“Os documentos apresentados por Alexandre Romano comprovam a realização de diversos depósitos a Viviane da Silva Rodrigues, que, segundo o colaborador, seria amiga de Paulo Ferreira e seu contato com blocos carnavalescos. Pesquisa em fontes abertas na internet revela que Viviane é madrinha de bateria da mesma Estado Maior da Restinga”, apontam os procuradores da força-tarefa da Lava Jato.

Ao mandar prender Paulo Ferreira, o juiz federal Sérgio Moro listou documentos bancários que comprovariam os dezoito repasses para Viviane – o primeiro realizado em 14 de maio de 2010, o último em 28 de agosto de 2010.

No pedido de prisão, os investigadores destacam ‘uma notícia apontando a ligação de Paulo Ferreira com a referida escola de samba’.

O documento cita ainda vídeos sobre uma comemoração, em 2012, que seria do aniversário do ex-tesoureiro no Cais do Porto, centro de Porto Alegre.

A força-tarefa da Operação Abismo transcreve trecho de notícia divulgada nas redes sociais sobre uma comemoração pelo aniversário do ex-tesoureiro do PT. “Uma dupla homenagem a Paulo Ferreira, pelos seus 53 anos de vida e por sua nova empreitada em Brasília, onde recentemente foi empossado como deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT). A festa contou com a presença de muitos convidados e também colegas de partido. Paulo Ferreira é uma figura muito querida junto à Estado Maior da Restinga, sempre auxiliando e apoiando a escola de samba da nossa comunidade, bi¬campeã do Carnaval de Porto Alegre (2011/2012)”, informa o texto.

“E por este motivo a escola não poderia deixar de estar presente nesta festa, levando parte de seus integrantes para fazer um grande show para animar o aniversariante e seus convidados. A TV Restinga, que foi convidada para esta homenagem, fez questão de registrar tudo o que aconteceu nesta noite de comemorações. Parabéns Paulo Ferreira e muita sorte nesta nova jornada! Conte conosco e também contamos contigo para continuar apoiando e trabalhando por nossa comunidade!.”

Veja também:







 


Julia Affonso, Ricardo Brandt, Vitor Tavares e Fausto Macedo
O Estado de S. Paulo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...