terça-feira, 19 de julho de 2016

Hackers derrubam site do TJ do Rio após bloqueio do WhatsApp


Imagem: Justin Sullivan/Getty Images
Hackers do grupo Anonymous Brasil afirmaram nesta terça-feira (19) que retiraram do ar o site do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro em resposta ao bloqueio do WhatsApp no Brasil.

Os hackers confirmaram os ataques em postagens na rede social Facebook.

O site voltou ao ar por volta de 14h50.






A ação dos hackers ocorre após a Justiça do Rio determinar o bloqueio do WhatsApp pelo fato de fato de o aplicativo não compartilhar informações sobre investigações criminais.

Leia também: 

A decisão é da juíza Daniela Barbosa de Souza, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Duque de Caxias.

"A ordem judicial não foi cumprida, apesar de reiterada por três vezes, ensejando, assim, a adoção das medidas coercitivas determinadas por este juízo", diz Souza na decisão, que determina o veto imediato à ferramenta. A ordem foi enviada às operadoras de telefonia -deve levar algumas horas até que elas realizem o bloqueio.

O WhatsApp argumenta que já não guardava informações sobre o conteúdo das conversas. E que em abril terminou de implementar a criptografia "end-to-end" (no qual apenas as pessoas na conversa podem ler as mensagens). Com isso, afirma, é impossível divulgar os dados.

Veja também:










 

Folha de S. Paulo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...