quarta-feira, 13 de julho de 2016

Lula admite a jornal francês que não sabe se vai ser preso e culpa Dilma pela crise


Imagem: Reprodução
Em entrevista ao jornal francês Libération, Lula admitiu que não sabe se será preso. O ex-presidente repetiu a narrativa do "golpe" e culpou Dilma pelos problemas econômicos do país. Lula criticou Temer por formar sua própria equipe, sugerindo que ele deveria manter a de Dilma.

Lula afirmou que acredita na volta de Dilma e negou estar arrependido de ter indicado a petista. 

Perguntado se será candidato em 2018, Lula respondeu: "Veremos. Estou com 70 anos, e a idade é implacável. Até lá, espero que jovens esperanças da política tenham surgido. Eu já fui presidente. Mas se houver risco de retrocesso nas nossas políticas sociais, eu vou me candidatar novamente". 

Leia também: 
Agentes da Força Nacional ameaçam abandonar segurança da Olimpíada

Quanto à corrupção do Partido dos Trabalhadores, Lula sugeriu que os candidatos e tesoureiros desconhecem a origem do dinheiro que irriga suas campanhas: "as empresas que financiam as campanhas certamente não avisaram os partidos que estavam lhes dando propina. Nenhum empresário disse a um tesoureiro que iria lhe dar propina". 

Perguntado sobre as acusações de enriquecimento pessoal, Lula desviou o assunto e afirmou que certos membros do Judiciário estão em conluio com uma parte da imprensa: "eles parecem acreditar que, se repetirem uma acusação na televisão, vai ser fácil condenar alguém. Os vazamentos são seletivos, os interrogatórios parecem um espetáculo pirotécnico. Não se busca a verdade, nem provas, mas manchetes de jornal. Segundo essa lógica, a Globo ou a OAS deviam me dar o triplex do Guarujá, já que elas dizem que ele é meu". 

Quando o repórter perguntou se ele poderia ser preso, Lula respondeu: "Não sei". 

Veja também: 

 
 

 

Luciana Camargo
Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...