terça-feira, 12 de julho de 2016

Moro diz a marqueteiro do PT que corrupção e lavagem de dinheiro não são crimes eleitorais


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A defesa de João Santana alegou que a 13ª Vara Federal de Curitiba é incompetente para julgar o caso do marqueteiro, uma vez que teria sido cometido crime eleitoral e, portanto, os autos deveriam ser remetidos à Justiça Eleitoral.

O juiz Moro, entretanto, negou as alegações dos advogados. De acordo com ele, “crimes de corrupção e de lavagem não são crimes eleitorais”. O juiz inclusive lembra que a própria defesa já negou relações com campanhas, logo “não se vislumbra como se pode falar em competência” do TSE.
Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...