sábado, 9 de julho de 2016

Temer investigará porto de Mariel, construído por Lula e Dilma em Cuba


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O governo de Michel Temer abrirá auditoria sobre uma das principais obras dos governos de Lula e Dilma Rousseff: o Porto de Mariel, em Cuba, que foi construído pela Odebrecht.

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle já prepara uma equipe para auditar os contratos do porto. O BNDES também entra na mira, já que a obra foi feita com recursos oriundos da instituição.


Leia também: 

A pasta acredita que não teria havido retorno em prestação de serviços para empresas brasileiras já que, em Cuba, quase tudo está nas mãos do Estado, ou tem o governo como sócio majoritário.

Em 2014, Marcelo Odebrecht, então presidente da empreiteira, fez defesa enfática da obra em um artigo publicado na Folha.

Segundo ele, o BNDES financiou exportações de serviços de cerca de 400 empresas brasileiras lideradas pela Odebrecht. "Se o porto será de grande importância para o socialismo cubano, foi o capitalismo brasileiro que mais ganhou até agora".

Veja também:


      

Mônica Bergamo
Folha de S. Paulo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...