quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Alunos do Mackenzie são violentamente atacados pelos defensores de Dilma


Após a dispersão dos atos criminosos nas ruas de São Paulo, organizados por milícias ligadas ao PT, black blocs fugiram da polícia e passaram pela Universidade Mackenzie. Ao passarem no local, agrediram física e verbalmente alunos do local.

Além de trocarem insultos, chamando-os de “coxinhas”, os baderneiros partiram para a violência e deixaram alguns estudantes feridos. O estudante de Direito Eduardo Magnoni, de 19 anos, que gravava com o celular a passagem dos mascarados pela Rua Maria Antônia, levou uma pedrada no rosto e teve que ir ao hospital. Agora, o estudante passa bem.

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...