domingo, 28 de agosto de 2016

Cardozo pede 'civilidade e parcimônia' aos senadores para que Dilma não fique chateada


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Emissários das presidente afastada Dilma Rousseff procuraram integrantes da base do presidente em exercício Michel Temer para evitar um tom agressivo na sua passagem pelo Senado para se defender no julgamento final do seu processo de impeachment. A sessão está marcada para esta segunda-feira (29).




Leia também: 

O ex-ministro José Eduardo Cardozo, advogado de defesa da petista, abriu a interlocução nesses últimos dias e conversou com vários senadores, inclusive do PSDB.

Segundo senadores petistas, Cardozo pediu “civilidade e parcimônia” para que a sessão do Senado não fuja do controle.

Petistas estão preocupados com uma abordagem mais contundente de tucanos e aliados de Temer.

Procurado pelo Blog do Camarotti, o líder do PSDB, Cássio Cunha Lima (PB), disse que não há qualquer intenção dos tucanos em usar um tom mais agressivo em relação a Dilma Rousseff, mas fez um alerta: “Se Dilma falar em golpe ou chamar de golpista, vai ter reação”.

Veja também: 

 

 






Gerson Camarotti
Blog do Camarotti
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...