segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Depois do Exército e da Marinha, Aeronáutica cassa as medalhas de Dirceu e Genoino


Imagem: Reprodução
Atendendo a um pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a Aeronáutica excluiu os petistas José Dirceu e José Genoíno do Corpo de Graduados Especiais da Ordem do Mérito Aeronáutico. Como revela matéria publicada pelo jornal Correio Braziliense neste sábado (20), a exclusão retira de Dirceu o grau de Grande-Oficial. Já Genoíno perde a condecoração de Comendador. Ambos foram condenados pelo envolvimento no escândalo do Mensalão.


Leia também: 

A assessoria da Força Aérea Brasileira (FAB) informou ao Correio que a retirada das medalhas concedidas a condenados pela Justiça é determinada no regulamento da Ordem do Mérito Aeronáutico. Segundo o texto, são excluídos da ordem aqueles que tiverem “os direitos políticos perdidos ou suspensos” e/ou “tenham sido condenados pela Justiça brasileira em qualquer foro, por crime contra a integridade e a soberania nacionais, ou atentado contra o erário, instituições e a sociedade”.

Esta não é a primeira vez que Genoíno e Dirceu perdem honrarias concedidas pelas Forças Armadas. Em julho, eles já haviam sido excluídos da Ordem do Mérito Naval. Ainda tiveram suas condecorações cassadas pela Marinha João Paulo Cunha, Roberto Jefferson e Valdemar Costa Neto, também condenados no Mensalão.

Também por conta do envolvimento com o Mensalão, Genoíno, Jefferson e Valdemar já haviam perdido, há três anos, a Medalha do Pacificador, máxima condecoração dada pelo Exército.

Veja também: 






Site do PSDB
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...