quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Lewandowski desqualifica o procurador Júlio Marcelo como testemunha afirmando que ele é suspeito


Imagem: Reprodução / TV Senado
O presidente do STF, Ricardo Lewandowski, acatou pedido da defesa de Dilma, que pedia a suspeição do procurador Júlio Marcelo. Segundo a defesa, Júlio Marcelo não poderia ser testemunha porque teria participado de uma manifestação ao compartilhar um post no Facebook. Lewandowski considerou que o compartilhamento equivale à participação e não permitiu que Júlio Marcelo atuasse como testemunha, permitindo no entanto que ele responda a perguntas na condição de informante. 


Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...