terça-feira, 9 de agosto de 2016

Lewandowski é obrigado a cortar áudio para 'calar' Gleisi Hoffmann e a faz passar vergonha; veja vídeo


Imagem: Imagem: Geraldo Magela / Agência Senado
Incomodado com as manobras do PT e do PCdoB para fazê-lo analisar as questões de ordem que pedem a suspensão da tramitação do processo do impeachment, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, cortou o microfone da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).


A senadora insistia para que Lewandowski, que preside a partir desta terça-feira o julgamento do processo que pede o afastamento definitivo de Dilma Rousseff da Presidência da República, atendesse a cada pedido.

Veja o vídeo: 


Foi então que o ministro cortou o microfone da petista e afirmou:

— Tenho que pedir escusas por ser tão rigoroso com o tempo.

Gleisi continuou falando, ao que Lewandowski informou:

— Muito bem, mas a senhora está sem áudio.

Depois, o presidente do STF acolheu parcialmente o pedido da petista, que reclamava que o voto em separado do PT, contra o impeachment, apresentado na semana passada durante votação do parecer na comissão especial, não foi disponibilizado. Lewandowski pediu que o documento dos dilmistas seja então disponibilizado em um prazo de 48 horas.

Leia também:
Vanessa Grazziotin diz que Dilma é “presidenta inocenta” e vira piada na Internet; veja vídeo
Zé de Abreu perde o controle emocional e ataca com baixarias artistas que declararam apoio a Sergio Moro

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...