terça-feira, 2 de agosto de 2016

Lewandowski liberta membro do PCC preso em ataque a quartel da PM


Imagem: Reprodução
Ricardo Lewandowski, no plantão, também concedeu habeas corpus a Luiz Fabiano Ribeiro Brito, ligado ao PCC e que foi preso no ano passado em ataque a um quartel da Polícia Militar em Fortaleza.

A prisão preventiva de Luis Fabiano estava fundamentada em informações do inquérito policial que acusavam Fabiano de "comandar atentados contra agentes e unidades de Segurança" na capital cearense, onde o grupo criminoso tentava implantar uma célula.


Leia também: 
Janaína Paschoal se incomoda com letargia no impeachment e manifesta preocupação
Polícia Federal deflagra Operação 'Resta Um', 33ª etapa da Lava Jato
Mais de 100 mil pessoas participam de campanha para grito de apoio ao juiz Moro na abertura das Olimpíadas
Militante xinga Bolsonaro de 'mer** homofóbico', nega, confessa e é detida; veja vídeo
'Grito de guerra' de apoio ao juiz Sergio Moro viraliza na web; veja
Alexandre Frota escracha Letícia Sabatella após confusão em Curitiba: 'Safada, pilantra, deveria ter vergonha'; veja
MPF denuncia marido de Gleisi, Vaccari, dono do site Brasil247 e outros investigados
Partidos políticos custaram R$ 9,4 bilhões aos contribuintes nos últimos dez anos

Em São Paulo, segundo o inquérito, ele já responde por crimes graves como homicídio, roubo e tráfico de drogas.

Para o presidente do STF, houve "constrangimento ilegal na manutenção da segregação cautelar do paciente, pois, como se sabe, a presunção de inocência é princípio fundamental, de tal sorte que a prisão, antes da condenação definitiva, é situação excepcional no ordenamento jurídico".

Lewandowski se superou.

Veja também: 


 




O Antagonista
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...