sexta-feira, 12 de agosto de 2016

'Não, sr. Ministro da Defesa! A Força Nacional não errou ao entrar em área controlada por bandidos!', diz jornalista


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Após o falecimento do soldado da Força Nacional Hélio Vieira Andrade, baleado ao entrar por engano em uma área controlada por traficantes, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, causou polêmica ao dizer que a Força Nacional errou ao entrar na comunidade. O site Implicante publicou um artigo respondendo ao ministro, e defende que "errado é alguma comunidade estar sob “jurisdição” do crime, isso sim".

Leia abaixo o texto do Implicante: 

Errado é alguma comunidade estar sob “jurisdição” do crime, isso sim. 
Uma medalha de ouro o Brasil já tem e será difícil alguém superar: com 60 mil homicídios por ano, somos o país recordista nesse tipo de crime. Simplesmente 10% dos assassinatos de todo o mundo ocorrem por aqui (e não temos nem 3% da população mundial).
E o crime parece estar tão fortemente aculturado em nosso país que até mesmo o MINISTRO DA DEFESA, ao qual se subordinam mesmo as Forças Armadas, considerou “um erro” a entrada da Força Nacional numa favela controlada pelo tráfico.
Não, senhor ministro Raul Jungmann, a Força Nacional não errou coisa nenhuma!
O erro é a existência de várias áreas sob comando de criminosos. E outro erro igualmente grave é uma autoridade de tamanho porte não iniciar o combate imediato a isso, e ainda por cima praticamente “culpar” os militares que foram vitimados.
Por fim, ficam aqui nossas homenagens ao bravo soldado Hélio Vieira, que faleceu no dia de hoje em decorrência desse fato terrível.

Leia também:
Saltador alemão diz que todo o prédio com a piscina olímpica 'verde' fede a 'peido'
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...