terça-feira, 20 de setembro de 2016

Denúncia aceita por Moro é uma 'grande mentira', diz Lula


Imagem: Reprodução / Veja
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça (20) que a denúncia contra ele, feita pelo MPF (Ministério Público Federal) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e aceita pelo juiz Sérgio Moro, é "uma grande mentira". Com isso, Lula virou réu na Operação Lava Jato. Ele já é réu em uma ação na Justiça do Distrito Federal.


"Fiquei sabendo agora que o juiz Moro aceitou a denúncia contra mim, mesmo a denúncia sendo uma farsa, uma grande mentira, um grande show de pirotecnia nesse país. De qualquer forma, como eu acredito na Justiça, tenho bons advogados, vamos brigar para ver o que dá. A verdade é essa: vamos continuar lutando para que Brasil conquiste a democracia e que o povo brasileiro volte a ter orgulho de ser brasileiro, porque nós somos brasileiros e não desistimos nunca", disse Lula.

Leia também: 

O ex-presidente comentou a decisão de Moro durante participação, por videoconferência, em evento organizado em Nova York pela Confederação Sindical Internacional em sua defesa. Lula também disse duvidar que exista "um empresário minimamente sério neste país que tenha a coragem de dizer que o Lula um dia pediu um dólar para ele para alguma coisa."

"No Brasil, nesse instante, o que menos importa é a verdade, o que mais importa é a construção da versão. Eu conto uma versão, essa versão se torna manchete de jornal, a manchete de jornal é manipulada para a televisão, e aí a pessoa, independentemente de ser inocente, essa pessoa passa a ser condenada pela opinião pública", protestou o ex-presidente.

'O que está acontecendo não me abala'

Segundo Lula, há um "conluio" entre "alguns agentes" da Polícia Federal, do Ministério Público e "até alguns da Fazenda" na perspectiva de tentar evitar que ele seja candidato a presidente em 2018. "Não tenho convicção disso, mas é isso que eu leio todo dia", disse. 

"Eu quero ser julgado como qualquer cidadão brasileiro. Eu não quero privilégio, o que eu não quero é mentira", afirmou o ex-presidente. "O que está acontecendo no Brasil não me abala. Apenas me motiva a andar muito mais, a falar muito mais, a gritar muito mais."

Uma nota divulgada no site do ex-presidente logo após a participação de Lula no evento diz que Moro "confirmou sua parcialidade em relação a Lula, que já foi denunciada ao Supremo Tribunal Federal e à Corte Internacional de Direitos Humanos da ONU" e "deu prosseguimento ao espetáculo de perseguição política iniciado pelos procuradores semana passada." Ainda de acordo com o comunicado, a denúncia "tem caráter eminentemente político, sendo o resultado de uma série de arbitrariedades e violações de direitos". O texto ainda diz que se está diante "de um processo de cartas marcadas" com o "claro objetivo" de excluir Lula da vida política.

Veja também: 

 



UOL
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...