segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Deputada comunista Manuela D'Ávila viola lei federal ao adulterar hino nacional e cantá-lo com 'Fora Temer'; veja


Imagem: Reprodução
Em um patético “ato de protesto”, a deputada gaúcha Manuela D’Ávila, do PCdoB, acompanhada do candidato a vereador Lucas Maróstica, alteraram a letra do Hino Nacional Brasileiro incluindo as palavras “Fora Temer” no fim de cada estrofe.



Assista: 


Leia também: 
Dilma confirma que mandou sacrificar o cão 'Nego' e emite nota
Vanessa Grazziotin posta foto de reunião vazia e diz: 'Somos fortes e somos muitos!'

O ato, como lembra o colunista Guilherme Schneider do portal Sul Connection, viola a lei federal 5.700, de 1 de Setembro de 1971 em seu Capítulo V, Art. 34, que proíbe este tipo de manifestação:

“Art. 34. É vedada a execução de quaisquer arranjos vocais do Hino Nacional, a não ser o de Alberto Nepomuceno; igualmente não será permitida a execução de arranjos artísticos instrumentais do Hino Nacional que não sejam autorizados pelo Presidente da República, ouvido o Ministério da Educação e Cultura.”

“O Ministério Público do RS [Rio Grande do Sul] certamente tem assuntos muito mais importantes para tomar conta do que buscar uma punição ao candidato a vereador que transgrediu a lei, mas o Conselho de Ética deveria tomar alguma providência contra a Deputada. Afinal de contas, a lei tem de se aplicar a todos e parece que os senhores do partido que roubou verbas do Minha Casa Minha Vida têm de ser lembrados disso”, diz Schneider em sua coluna.

Veja também: 

 


 
 

Jornalivre
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...