sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Dilma reclama que foi 'expelida' da mídia e ataca Janaína Paschoal


Imagem: Roberto Stuckert Filho / Presidência da República
A ex-presidente Dilma concedeu uma entrevista coletiva a veículos da imprensa internacional na tarde desta sexta-feira (2). Na entrevista, ela atacou a imprensa brasileira e disse que foi a imprensa internacional que "permitiu que o próprio Brasil tivesse conhecimento do que se passava aqui". Dilma cita o New York Times, o Le Monde e o El País, jornais que são assumidamente de esquerda, e diz que ninguém pode dizer que são "petistas". 


Leia também:

Dilma demonstrou a mágoa com a imprensa reclamando que foi "expelida": "A partir do dia em que eu fui afastada, quero dizer a vocês que eu fui literalmente expelida de de alguns meios de comunicação". E continuou: “Se para algo servir o meu afastamento, ele deve servir para que nós façamos a partir de agora uma análise muito séria sobre as consequências de termos quatro grupos de mídia controlando toda a comunicação no Brasil”, afirmou Dilma, em fala que lembra ocasião em que já afirmou que pretendia controlar a mídia. 

Relembre: 


Sobre as desculpas pedidas por Janaína Paschoal no processo de impeachment, Dilma disse: "Não respeito uma pessoa capaz de falar o que ela falou". Janaína disse que espera que um dia Dilma entenda que Janaína fez o que fez pensando também nos netos de Dilma. 

Dilma respondeu: “Para os meus netos eu quero um Brasil democrático cheio de oportunidades. E eles terão. Tenho certeza de que terão e não será por causa da doutora Janaína”. Depois de falar aos jornalistas, Dilma também postou a frase em seu Twitter.

Veja também: 












Luciana Camargo
Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...