quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Eike disse que Mantega pediu pagamento de R$ 5 milhões para o PT


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O ex-presidente do Conselho de Administração da OSX, Eike Batista, prestou depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) e declarou que, em 1º de novembro de 2012, recebeu pedido do então ministro e presidente do Conselho de Administração da Petrobras, Guido Mantega, para que fizesse um pagamento de R$ 5 milhões, no interesse do Partido dos Trabalhadores (PT). Eike é alvo da 34ª fase da Operação Lava-Jato decretada hoje assim como Mantega.

Leia também: 

Para operacionalizar o repasse da quantia, o executivo da OSX foi procurado e firmou contrato ideologicamente falso com empresa ligada a publicitários já denunciados na Operação Lava-Jato por disponibilizarem seus serviços para a lavagem de dinheiro supostamente originado de crimes.

Após uma primeira tentativa frustrada de repasse em dezembro de 2012, em 19 de abril de 2013 foi realizada transferência de US$ 2.350.000,00, no exterior, entre contas de Eike Batista e dos publicitários, segundo o MPF.

A prisão de Guido Mantega é temporária de cinco dias e foi decretada pelo juiz federal Sergio Moro.

Veja também: 

 



André Guilherme Vieira e Letícia Casado 
Valor
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...