quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Grupo de Lula teme condenação rápida


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Surpresos com o detalhamento da denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal contra o ex-presidente Lula, aliados mais próximos temem que ele seja condenado rapidamente pelo juiz federal Sérgio Moro.

Já havia expectativa de uma denúncia forte por parte dos procuradores em Curitiba, mas, segundo aliados, não se esperava que Lula fosse qualificado como "comandante máximo da propinocracia".


Inicialmente, aliados receavam que Moro pudesse determinar a prisão preventiva de Lula antes mesmo do julgamento. Mas depois da denúncia apresentada nesta quarta-feira (14), a avaliação mudou entre os integrantes do grupo mais próximo ao ex-presidente.

Leia também: 

A percepção é que Lula se tornou foco prioritário dos investigadores da Operação Lava Jato e que isso deve acelerar a condenação em primeira instância.

A preocupação desse grupo é que haja uma pressão por uma condenação rápida também na segunda instância, no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5).

Isso poderia levar a uma prisão de Lula, já que o Supremo Tribunal Federal (STF) entende que condenados na segunda instância já cumprem pena na cadeia.

Os investigadores da Lava Jato perceberam que seria um risco político pedir uma prisão preventiva antes da condenação. Agora, eles estão acelerando o processo, disse ao Blog um aliado próximo do ex-presidente.

Por outro lado, a ordem foi reagir às declarações dos procuradores de Curitiba, politizando o episódio.

Veja também: 

 


 
 

Gerson Camarotti
Blog do Camarotti
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...