quinta-feira, 1 de setembro de 2016

MPF teme que três ministros mudem de posição sobre prisão após segunda instância



Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O STF julga hoje se mantém ou não o entendimento de que condenado em segunda instância deve ser definitivamente preso.

Procuradores têm detectado sinais de mudança de entendimento de Dias Toffoli, Edson Fachin e Gilmar Mendes — o que levaria reversão da decisão da votação anterior.

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...