domingo, 25 de setembro de 2016

Perdeu por 13 a 1: desembargador que votou contra Moro foi nomeado por Dilma


Imagem: Reprodução 
Durante a semana, a Corte Especial do Tribunal Regional Federal da 4ª Região votou contra a abertura de processo disciplinar contra o juiz Sérgio Moro: foram 13 votos a favor de Moro e 1 contra. O único desembargador que votou pela narrativa pró-PT foi Rogério Favreto.

Leia também: 

O Antagonista revela informações interessantíssimas passadas por um alto  magistrado: “Ele é ex-secretário da ‘Reforma do Judiciário’, órgão de intervenção bolivariana. Ganhou o cargo no TRF-4 sem fazer concurso público. Outro ex-secretário da ‘Reforma do Judiciário”, Sergio Renault, foi flagrado fazendo combinações com o ex-ministro José Eduardo Cardozo. Alguns ex-secretários advogam para petistas e empreiteiros enrolados.”

Segundo material da OAB-PR, podemos lembrar também outra informação inconveniente para Favreto: “O advogado Rogério Favreto foi escolhido pela presidente da República Dilma Roussef para ocupar a vaga de desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) destinada aos advogados. A nomeação foi assinada na segunda-feira (13) e publicada na edição de terça-feira (14) do Diário Oficial da União. A data da posse ainda não foi definida. Favreto ocupa vaga decorrente da aposentadoria do desembargador Valdemar Capeletti. Também participavam da lista tríplice enviada à Presidência da República os advogados Liliane Maria Busato Batista, do Paraná, e Oswaldo José Pedreira Horn.”

Veja também: 

 



Jornalivre
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...