quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Moro volta a defender as '10 Medidas Contra Corrupção': 'Elas têm um valor intrínseco'


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O juiz Sergio Moro, responsável pelo julgamento dos processos no âmbito da Operação Lava Jato, defendeu nesta terça-feira (4), em São Paulo, o projeto das 10 Medidas Contra a Corrupção, de iniciativa do Ministério Público Federal e com apoio popular. Para ele, o projeto é essencial. “O Legislativo pode não aceitar uma ou outra, mas elas têm um valor intrínseco”, opinou.

Para Moro, a corrupção continuará em toda a parte, mas sua redução a níveis menos relevantes dependeria de uma ação conjunta de todas as instituições brasileiras, com o apoio da sociedade civil.

Leia também: 

“Corrupção sistêmica é inconsistente com democracia”, resumiu, dizendo que temos hoje uma “democracia degenerada”.

O juiz lembrou também da Operação Mãos Limpas, nos anos de 1990, cujos resultados práticos têm sido contestados hoje, porque não teria reduzido a corrupção na Itália, e defendeu-a.

Ele citou, fazendo um paralelo com a situação brasileira, que houve uma movimentação de parlamentares à época para criar manobras de modo a salvar esquemas e evitar condenações.

Veja também: 









República de Curitiba
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...