segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Professor petista da UnB defende assassinato de adversários políticos após derrota nas urnas


Mostrando um veio de totalitarismo sanguinário, típico dos defensores do bolivarianismo, um professor relativamente famoso da UnB, Marcos Bagno, defendeu em sua conta no Facebook que a única forma de “resolver” o Brasil é degolando e matando seus oponentes políticos.

Como se pode ver logo abaixo, na postagem ele chega a citar nominalmente João Dória Jr e ACM Neto, que se elegeram em primeiro turno em duas das principais capitais brasileiras contra candidatos comunistas.

Veja: 



O professor já foi acusado diversas vezes de doutrinação escolar, talvez por essa mesma razão ele seja ferrenho crítico do projeto Escola Sem Partido.

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...