quarta-feira, 19 de outubro de 2016

STF teve Cunha como réu por 193 dias; Moro autorizou a prisão dele em 5 dias


Imagem: Reprodução / UOL
O site Implicante comparou o tempo em que os processos de Cunha ficaram no STF e na primeira instância. O envio do STF ao juiz Sérgio Moro ocorreu porque o mandato de Cunha foi cassado, mas os fatos analisados são os mesmos. O Implicante conclui: 
"O foro privilegiado precisa acabar logo. Logo!".

Leia abaixo o texto do Implicante:

Era 3 de março de 2016 quando Eduardo Cunha tornou-se réu pela primeira vez. O STF ainda aceitaria uma segunda denúncia antes de o ex-presidente da Câmara ser cassado por seus colegas em 12 de setembro. O peemedebista passaria esses 193 dias em liberdade.
Sérgio Moro aceitou denúncia contra Cunha em 13 de outubro passado. Apenas 5 dias depois, por conduta inapropriada da parte do ex-parlamentar, autorizou a prisão pedida pelo Ministério Público, que só veio a se concretizar no dia seguinte.
O foro privilegiado precisa acabar logo. Logo!

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...