quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Pressão social impediu que anistia ao caixa 2 fosse imposta de surpresa


Imagem: Reprodução
Durante esta manhã, a Câmara dos Deputados teve sessão para votar o projeto '10 Medidas contra a Corrupção'. A sessão foi marcada na madrugada, após a aprovação do relatório pela comissão especial. A expectativa era de que uma emenda com a polêmica proposta de anistiar o caixa 2 fosse aprovada rapidamente, por um acordo entre as lideranças. Enquanto o presidente da Câmara permanecia em sua sala com lideranças de partidos, deputados se manifestavam contra a proposta indecente e internautas manifestavam sua desaprovação. A hashtag #anistiacaixa2nao foi o assunto mais falado no Twitter no Brasil nesta quinta-feira, 24, e também apareceu entre os trending topics mundiais da rede social.

Leia também: 

Diversos deputados manifestaram seu descontentamento com a pressão dos eleitores. Apesar de todos os protestos, o deputado Beto Mansur, presidindo a sessão na ausência de Rodrigo Maia, conseguiu a aprovação de regime de urgência para a votação e, imediatamente depois, aprovou "na marra", em votação simbólica, o voto fechado. 

Enquanto os deputados presentes tentavam reverter a decisão, a internet ferveu com comentários à tentativa de ignorar a vontade popular. As manifestações de personalidades como os procuradores da Lava Jato, o juiz Sérgio Moro, o procurador Júlio Marcelo e a advogada Janaína Paschoal, reprovando o "acordão" e apelando aos deputados para que não aprovassem a anistia, foram intensamente compartilhadas pelos internautas. 

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, decidiu adiar a votação para a próxima terça-feira, explicando que "não houve convergência". Os internautas comemoram.

Veja também: 






Luciana Camargo
Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...