quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Toffoli pede vista e impede conclusão de julgamento; maioria já está formada


Imagem: Reprodução / TV Justiça
O ministro Dias Toffoli interrompeu o julgamento que decidirá se um réu pode ocupar cargo na linha de sucessão da Presidência da República. O julgamento se desenrolava com rapidez, com a maioria dos ministros se manifestando favoravelmente ao impedimento, e Toffoli pediu vista do processo, impedindo que o julgamento seja concluído hoje. Após o pedido, o ministro Celso de Mello pediu para antecipar seu voto. Com o voto do decano, a maioria do STF apoia a proibição de que um réu ocupe cargo na linha de sucessão, mas o julgamento não poderá ser concluído devido ao pedido de vista.  Votaram a favor de vetar réus na linha sucessória: Marco Aurélio Mello, Edison Fachin, Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux e Celso de Mello.


Leia também: 
Depois de derrocada nas eleições municipais, PT quer lançar figurões do partido à Câmara em 2018
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...