quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Deputado denuncia interferência política no trabalho da polícia para livrar os terroristas que destruíram Brasília


Grupo arranca placa de trânsito na Esplanada durante 'ato' contra a PEC 55
Imagem: Luiza Garonce/G1
O deputado Fernando Francischini denunciou, em sua página no Facebook, a ação de senadores e deputados petistas, que interferiram com o trabalho policial para evitar que os vândalos que depredaram Brasília fossem denunciados como terroristas. O deputado publicou reprodução de uma comunicação do grupo "Advogadas e Advogados pela Democracia", que agradecia e parabenizava os "valentes manifestantes" e um grupo de parlamentares. 


Veja: 



Veja o texto da denúncia do deputado Francischini: 

** DENÚNCIA GRAVE **Qual o interesse do GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL em não enquadrar os vândalos detidos ontem na LEI ANTITERRORISMO??Recebi informações de que a polícia conduziu 13 vagabundos por causa do quebra-quebra ontem em Brasília já com as instruções de enquadra-los devidamente na Lei Antiterrorismo. Porém, certa DEPUTADA PETISTA de Brasília se reuniu com autoridades do GDF e dessa reunião saiu a ordem de notificar os vândalos apenas por DANOS SIMPLES! INFLUÊNCIA POLÍTICA DESCARADA!Não foram danos simples! Incendiaram carros, quebraram concessionárias, bancos. São bandidos!Enquanto o alto escalão da esfera pública defender terroristas, todo o trabalho sério da Polícia nessas situações não servirá para nada!
Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...