quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Incrível: Defesa de Lula quer proibir até AJUFE de se manifestar a favor de Moro


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Os advogados Cristiano Zanin Martins, Valeska Teixeira Martins e Roberto Teixeira, que defendem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, criticaram a Associação dos Juízes Federais (Ajufe) nesta quarta-feira, 14, por cometer "desvio de finalidade" ao criticarem a defesa de Lula nos processos contra o ex-presidente. 


Segundo os advogados, a entidade representativa dos magistrados federais tem como missão, não opinar sobre fatos processuais, mas zelar "pelo aperfeiçoamento do Estado Democrático de Direito e pela plena observância dos direitos humanos". "É a terceira vez que a AJUFE se manifesta sobre caso concreto envolvendo o ex-Presidente Lula de forma contrária a esse objetivo estatutário. Defender o que o juiz Sergio Moro vem fazendo em relação a Lula e aos seus advogados desde março do corrente ano é ser conivente com violações às garantias fundamentais e ao Estado Democrático de Direito.

Leia também: 

"A AJUFE, ao afirmar que os advogados de Lula não dispõem de "argumentos para desconstituir as provas juntadas nos autos pelo Ministério Público" apenas reforça a suspeição do Juiz Moro, na medida em que este último é membro da instituição e como tal, até prova em contrário, aderiu a esse posicionamento, mais uma vez realizando pré-julgamento em relação ao ex-Presidente", dizem os advogados. 

Em nota, o presidente da Ajufe, Roberto Veloso, criticou a discussão entre o juiz Sérgio Moro e a defesa de Lula em que Moro gritou com os advogados. Veloso disse que a discussão faz parte de uma "estratégia deliberada" da defesa do ex-presidente para tentar afastar Moro do processo. "Essa tentativa demonstra a ausência de argumentos para desconstituir as provas juntadas nos autos pelo Ministério Público", diz trecho da nota. "Damos total apoio ao magistrado condutor da Lava Jato", afirma Veloso no documento.

Veja a discussão: 


Veja também: 



 

Brasil247
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...