quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

'Ninguém tolera mais o mal da corrupção', diz novo presidente do TCU


Imagem: Reprodução / UOL
Em seu pronunciamento, o novo presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), o ministro Raimundo Carreiro, ressaltou que, "no momento de crise, a sociedade questiona a todo momento o poder público e suas instituições". "Ninguém tolera mais o mal da corrupção", disse Carreiro, pontuando que o tema é sensível para a sociedade.

O ministro tomou posse da presidência do órgão em cerimônia na sede do TCU, em Brasília, nesta quarta-feira (14). Estiveram presentes no evento o presidente da República, Michel Temer (PMDB), e o presidente do Congresso, o senador Renan Calheiros (PMDB). Nenhum dos dois, porém, fez pronunciamento. Ambos foram citados por delator da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato.

Leia também: 
Tribunal nega suspeição de desembargador alegada por Lula

Para atuar no combate à corrupção, Carreiro disse que pretende "interagir, intensificar e atuar em conjunto com os órgãos da rede de controle", o que permitirá "ações coordenadas". "Como consequência, o cidadão poderá ver a boa destinação dos tributos que lhe são cobrados todos os dias", apontou o ministro, lembrando que, em 2015, para cada real investido no TCU, "o país economizou o equivalente a 13 reais".

"Sabemos que é legítimo e saudável que a sociedade questione os gastos públicos. Verificamos que o momento atual pede que o princípio da eficiência oriente, cada vez mais, as ações dos agentes públicos, de que é preciso fazer mais com menos", disse Carreiro, que salientou que o tribunal atuará em duas frentes: a da prevenção e a da correção.

Além de Temer e Calheiros, também estiveram presentes na cerimônia os governadores do Rio e do Distrito Federal, Luiz Fernando Pezão e Rodrigo Rollemberg, respectivamente. Ministros, como Eliseu Padilha (Casa Civil), Mendonça Filho (Educação) e Alexandre de Moraes (Justiça), também acompanharam o evento na sede do TCU, que também contou com a presença do ex-presidente da República José Sarney.

Veja também: 



 

Nathan Lopes
UOL
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...