sábado, 25 de fevereiro de 2017

‘Acabou a mordomia; ano que vem pode ser o último carnaval público’, diz Doria


Imagem: Heitor Feitosa / Veja
O prefeito de São Paulo, João Doria, afirmou nesta sexta-feira que pretende privatizar o sambódromo do Anhembi até o Carnaval de 2019. Ele disse que já existem interessados na compra do bem municipal, que todos os anos é palco do Carnaval de São Paulo.


Segundo Doria, a venda para a iniciativa privada ampliaria a captação de investimentos para o Anhembi, que além do sambódromo tem um grande espaço para receber eventos. “Ano que vem provavelmente será o último Carnaval público”, disse ele.

Leia também: 
Filho do governador do Pará é indiciado pela Polícia Federal
'Só aumenta nossa dor. Só podemos confiar na Justiça de Deus', diz mãe de Eliza após decisão que solta goleiro Bruno

Cortes

A gestão Doria cortou neste ano os gastos com comida e bebida à vontade no camarote, como ocorria nos anos anteriores. Diferente das gestões anteriores, agora quem queria consumir tinha que pagar. De acordo com Doria, a prefeitura desembolsou 130.000 reais para custear o camarote neste ano – em 2016, a despesa foi de 2,7 milhões de reais, disse ele.

“O tempo da mordomia acabou”, afirmou o prefeito que ficou das 22h às 2h no camarote sem comer e beber nada. Conhecido por dormir pouco, Doria marcou agenda para este sábado às 9 horas no Grajaú, na Zona Sul de São Paulo.

Veja também: 




Eduardo Gonçalves
Veja
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...