terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Janaína Paschoal denuncia que 'caiu do céu' para os corruptos a decisão que liberta o goleiro Bruno; entenda


Imagem: Montagem / Folha Política
A autora do pedido de impeachment de Dilma, Janaína Paschoal, alertou para um aspecto ainda mais perigoso da absurda decisão do ministro Marco Aurélio Mello, que soltou o ex-goleiro Bruno. Para Janaína Paschoal, a decisão "parece ter caído do céu, para os corruptos", neste momento, quando os poderosos começam a ser responsabilizados pelos crimes de corrupção. 


Leia também: 


Janaína Paschoal aponta que já há um discurso sendo construído há meses, que defende que não deve haver prisão em crimes que não envolvam violência. A decisão de Marco Aurélio vai além desse discurso, libertando um réu envolvido em um caso de extrema violência. 

Janaína chama a atenção para o perigo desse precedente: "Esse precedente, somado à crença de que crimes sem violência não deveriam receber prisão, favorecerá muito os responsáveis pelos desvios".

A jurista lembra que, embora fosse desejável que os recursos fossem julgados mais rapidamente e embora a prisão preventiva deva ser excepcional, "há casos em que a prisão antes da condenação definitiva se justifica. Dentre esses casos, estão os crimes dolosos contra a vida, de autoria certa; e desvios de dinheiro público, por organização criminosa".


O alerta de Janaína Paschoal se soma à estupefação da população e de juristas com a decisão do ministro Marco Aurélio Mello e mostra a urgência de que a liminar por ele concedida seja analisada pelo plenário do Supremo o quanto antes. 

Veja também: 




Luciana Camargo
Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...