domingo, 26 de março de 2017

Apesar de alívio com mobilização menor, ordem no governo é de não minimizar insatisfação polular


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Apesar de uma mobilização menor de pessoas nas manifestações contra a corrupção em várias cidades do país neste domingo, a ordem no Palácio do Planalto é de não minimizar a insatisfação da polulação. A avalição é de que, diante da situação política do país, o governo não deve "provocar" a população. 


De todo jeito, os protestos de hoje foram recebidos com alívio pelo governo, principalmente porque o "Fora Temer" não virou o alvo principal, apesar da desaprovação elevada do presidente Michel Temer em pesquisas. Monitoramento em redes sociais feito nos últimos dias pelo governo já indicava que os protestos não teriam a mesma dimensão dos eventos de rua do ano passado. 

Leia também:

Nas manifestações de hoje, o foco principal foi o combate à corrupção, com o apoio à operação Lava Jato. A percepção de integrantes do governo é de que a mobilização foi maior em 2015 e 2016 porque havia uma pauta mais objetiva com os protestos pelo impeachment da então presidente Dilma Rousseff.

"Mas a insatisfação das pessoas com o governo e com os políticos permanece. É preciso reconhecer isso. Qualquer movimento errado do governo pode ser um pretexto para que as ruas voltem a ficar cheias de manifestações novamente", alertou ao Blog um auxiliar de Temer.

Veja também: 

 



Gerson Camarotti
Blog do Camarotti 
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...