quarta-feira, 22 de março de 2017

Cúpula do PSDB já escolheu Doria para presidente e ACM Neto para vice, diz jornalista


Imagem: Reprodução
O jornalista Cláudio Tognolli afirma que, após a divulgação de que Geraldo Alckmin estaria na lista de Janot, a cúpula do PSDB decidiu por lançar à presidência o prefeito de São Paulo, João Doria. Tognolli afirma ainda que Ronaldo Caiado disputará o governo de Goiás e Bolsonaro irá para o PR. 


Leia abaixo o texto de Cláudio Tognolli: 

Nesta terça-feira, este blog apurou, a cúpula do PSDB decidiu: o candidato à presidente 2018 vai ser João Doria e o seu vice o ACM Neto. Geraldo Alckmin nem foi avisado disso (ainda).
Leia também:
Temer exclui servidores estaduais e municipais da reforma da Previdência
Condução coercitiva de blogueiro foi para colher provas e não para perguntar a fonte, diz força-tarefa da Lava Jato

O que fulminou o nome de Alckmin : o furo do Globo, dessa terça. Escreveu O Globo: o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) pedidos de abertura de inquérito contra mais de dez governadores em exercício, entre eles o de São Paulo, Geraldo Alckmin, do PSDB, que disputou a Presidência em 2006. O pedido sobre o tucano estaria relacionado a repasses que a Odebrecht fez para as campanhas dele ao governo de São Paulo, em 2010, e também em 2014. Segundo um dos delatores, pelo menos um dos pagamentos teve como intermediário Adhemar Ribeiro, cunhado do governador.
O Movimento Brasil Livre foi quem lançou A campanha por Doria presidente e ACM Neto como vice, há dias
Ronaldo Caiado fechou para disputar o governo de Goiás.
Bolsonaro saiu do  PSC, de fato, deixou o pastor Everaldo nas nuvens. Bolsonaro é  pré-candidato à Presidência da República na próxima disputa, em 2018, e apareceu em quarto lugar na última pesquisa Datafolha, de dezembro do ano passado, com 9% das intenções de voto.
As negociações com Bolsonaro estão sendo conduzidas pela cúpula nacional do PR, partido que tem a quinta maior bancada da Câmara, com 39 deputados.
O parlamentar fluminense já conversou sobre o assunto com o ex-deputado Valdemar Costa Neto (SP), um dos condenados no processo do mensalão e que exerce forte influência na legenda.
Bolsonaro também nessa quarta aceitou o PR.
Esse é o quadro. Por ora, ou… por hora!!!!

Veja também: 

 



Luciana Camargo
Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...