quarta-feira, 15 de março de 2017

'Em todas as pesquisas, vou aparecer na frente', diz Lula


Imagem: Dida Sampaio / Estadão
Em interrogatório na Justiça Federal, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira, 13, que, apesar do volume de notícias de cunho negativo a seu respeito, seu desempenho em sondagens eleitorais continuará incomodando opositores. "Vou matar eles de raiva, porque em todas as pesquisas, vou aparecer na frente", declarou. Em um levantamento CNT/MDA divulgado em fevereiro, Lula apresentou 30,5% das intenções de votos contra 11,8% de Marina Silva e 11,3% do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

Leia também: 

A afirmação de Lula foi feita nesta terça durante depoimento prestado como réu em ação penal na qual é acusado de ser o mandante de uma operação para viabilizar pagamentos ao ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró e evitar que ele firmasse um acordo de delação premiada com a Lava Jato. A suposta participação de Lula no esquema foi descrita pelo ex-senador Delcídio Amaral (sem partido, ex-PT-MS) em colaboração fechada com o Ministério Público Federal (MPF) depois de ser preso. 

O depoimento de Lula durou cerca de 45 minutos. O ex-presidente dedicou boa parte de seu discurso a exaltar realizações de seu governo e a reclamar da imprensa. Citou conquistas sociais e reiterou que os órgãos de investigação tiveram mais estrutura e autonomia durante os seus oito anos de mandatos. 

Em alguns momentos, Lula falou em tom de desabafo. "Quero agradecer a oportunidade de prestar o depoimento, pois estou com muita coisa engasgada."

Veja também: 





Fábio Fabrini e Julia Lindner  
O Estado de S.Paulo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...