quinta-feira, 2 de março de 2017

Janaína Paschoal escancara o que pensa sobre os políticos brasileiros: 'Existe um pacto de silêncio, ninguém aponta a safadeza do outro e continua todo mundo se lambuzando'


Imagem: Montagem / Folha Política
A jurista Janaína Paschoal ironizou o "manifesto dos intelectuais" que pediu a candidatura de Lula: "Parece que tem gente implorando para Lula se lançar candidato, desde logo, para 2018. Como se ele não fosse!". Analisando os argumentos do manifesto, que diz desejar mais "inclusão", ela perguntou se a inclusão desejada é a dos apartamentos do Minha Casa Minha Vida que põem seus moradores em risco, ou a dos hospitais fantasmas abandonados antes da conclusão. E desabafou: "Enquanto o brasileiro se conformar, continuaremos sendo saqueados. O discurso de que nossa lei é branda, de que não há nada a fazer, é falacioso. Quando querem, a lei é aplicada com rigor. O que ocorre é o seguinte: existe um pacto de silêncio, ninguém aponta a safadeza do outro e continua todo mundo se lambuzando. Chega!"


Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...