sexta-feira, 24 de março de 2017

'Tapa na cara do brasileiro!', afirma Villa sobre fundo partidário de R$3 bilhões para políticos


Imagem: Montagem / Folha Política
O historiador e jornalista Marco Antonio Villa analisou as propostas dos políticos para a reforma do sistema eleitoral. Para Villa, a própria reforma é uma estratégia de políticos corruptos para salvar a própria pele.


A primeira vertente é a lista fechada, em que, segundo ele, os corruptos querem garantir a reeleição, escondendo do eleitor em quem ele está votando. 

A outra vertente é a criação de um "novo" fundo partidário. Villa pergunta como, na situação atual de crise econômica, seria possível criar um fundo de R$ 3 bilhões para dar a partidos políticos que estão desacreditados com a população. Para ele, a proposta é um "tapa na cara" dos brasileiros.

'Por que o BNDES precisa financiar uma empresa rica o suficiente para "doar" bilhões?', questiona Janaína Paschoal
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...