sexta-feira, 31 de março de 2017

'Vivemos estado de calamidade pública! Nomeado por indicação política é para roubar ou deixar roubar', desabafa jornalista após prisão de 5 membros de Tribunal de Contas


Imagem: Montagem / Folha Política
O colunista Ricardo Noblat, do jornal O Globo, afirma que atingimos o estado de "calamidade pública moral". "Por acaso alguém imaginou ver a PF prender cinco dos sete conselheiros do Tribunal de Contas de um estado?". Noblat lembra ainda que o presidente da Alerj foi conduzido coercitivamente e o ex-governador e sua mulher estão presos. 


"Toda vez que você ouvir falar que alguém foi nomeado por indicação política, esteja certo: foi nomeado para roubar ou para deixar que roubassem", diz o jornalista, lembrando que os cargos políticos não servem ao país, mas apenas aos políticos corruptos. 

Para Noblat, depois da Lava Jato, só falta decretar o estado de calamidade pública moral no país. "Quem vai sobrar para decretar esse estado de calamidade, isso é uma coisa que vamos ver no futuro em breve". 

Leia também: 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...