quarta-feira, 1 de março de 2017

Yunes disponibilizou quebra de sigilo telefônico para provar ligação de Padilha


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O advogado e amigo do presidente Michel Temer José Yunes disponibilizou ao Ministério Público a quebra do seu sigilo telefônico durante depoimento espontâneo em fevereiro.

O objetivo de Yunes é comprovar sua versão de que recebeu uma ligação de Eliseu Padilha em 2014 pedindo a ele que recebesse um envelope em seu escritório em São Paulo.


O envelope foi entregue por Lucio Funaro, segundo Yunes. O advogado  nega ter aberto a correspondência.

Leia também: 

Hoje, o operador Funaro está preso em decorrência da Operação Lava Jato.

No contato com o Ministério Público, Yunes disse aos investigadores que sua secretária pode ratificar sua versão. Mas afirmou não possuir registro de imagens do seu escritório.

Na última sexta-feira, o advogado disse à GloboNews estar à disposição para uma acareação com qualquer personagem de sua narrativa - seja Padilha seja Funaro.

Mas, para isso ocorrer, o ministro licenciado da Casa Civil precisa negar a conversa. Até agora, Padilha ainda não se manifestou sobre o pedido e diálogo com Yunes.

O ministro apenas repete a aliados que não conhece Funaro.

Veja também: 




Andréia Sadi
G1
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...