terça-feira, 11 de abril de 2017

Após Marcelo Odebrecht confirmar propina de R$ 13 milhões em dinheiro, Lula fala em 'canalhice'


Imagem: Reprodução / Youtube
Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo Odebrecht, depôs ontem ao juiz Sérgio Moro, em ação contra o ex-ministro Antonio Palocci e outros réus. Odebrecht confirmou que Palocci é o "Italiano" nas planilhas de propina da empresa, e Lula é o "Amigo". Confirmou ainda que Lula recebeu R$ 13 milhões de propina em dinheiro vivo. 

Embora o depoimento fosse sigiloso, trechos foram vazados pelo site O Antagonista ainda durante a audiência, e posteriormente confirmados por outros veículos. 

Em entrevista a uma rádio, Lula afirmou que havia "canalhas vazando as coisas propositadamente", e disse que isso já se tornou "cansativo". Perguntado sobre sua possível prisão, Lula disse "Isso nem me passa pela cabeça. Alguém para ser preso deve ter cometido um crime, e a polícia e a Justiça precisam ter provas para condenar uma pessoa. Estou há três anos ouvindo meu nome, há três anos esperando".

Em seu site, Lula atribui aos vazamentos os problemas do país: "Vazamentos falsos e seletivos de informações sigilosas, denuncismo mentiroso e perseguição política são algumas das principais causas para o momento de crise por que passa o país, e apenas com um governo democraticamente eleito pelo povo é que se pode dar início à superação desta crise".

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...