quinta-feira, 6 de abril de 2017

Doria sorteia R$1 milhão entre cidadãos que pediram nota fiscal e vídeo faz sucesso na web; veja


Imagem: Reprodução / Facebook
O prefeito João Doria (PSDB) participou na tarde desta quarta-feira (5) do primeiro sorteio do programa "Sua Nota Vale 1 Milhão" que substituiu o "Nota fiscal Paulistana", que distribuía créditos em conta e no IPTU para quem pedia a nota fiscal com CPF ao pagar por um serviço na cidade de São Paulo.


Assista: 


Leia também: 

De acordo com o secretário municipal da Fazenda, Caio Megale, a nota sorteada foi emitida no valor de R$ 253 em uma corretora de imóveis na Casa Verde, na Zona Norte de São Paulo. O sorteio foi realizado pela Caixa Econômica Federal no Terminal Rodoviário Tietê, também na Zona Norte.

"É isso que a gente quer, que as pessoas peçam nota fiscal e tenham oportunidade de ficarem milionários", declarou o prefeito. "Com isso incrementar o número de arrecadação na cidade de São Paulo com imposto sobre serviços. Essa arrecadação já foi impulsionada. O número ainda não está fechado, mas já houve um impulso pelo número acentuado de 502% na demanda".

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, o número de adesões mensais aumentou 502% se comparada a antiga Nota Fiscal Paulistana. Em março, 60 mil contribuintes aderiram ao programa contra 10.520 em fevereiro. Na data de lançamento do programa, 1 milhão de pessoas físicas participavam dos sorteios mensais do programa anterior.

O governo estimula os contribuintes a pedir a nota fiscal com o objetivo de combater a sonegação de impostos. Os sorteios ocorrem no quinto dia útil de cada mês e os bilhetes gerados devem ser emitidos até o dia 25 do mês anterior.

O novo valor mensal representa uma redução paga pela Nota Fiscal Paulistana, que atingia R$ 1,6 milhão. Cerca de 137 mil bilhetes eram sorteados mensalmente em prêmios que variavam entre R$ 10 mil e R$ 50 mil.

Antes, quem pagava R$ 100 em uma diária de hotel desembolsava R$ 5 com o pagamento de ISS e poderia receber de volta até 30% desse valor do imposto, ou seja, R$ 1,50 na conta ou em créditos para o IPTU.

Adesão

Para concorrer, o contribuinte deve fazer o cadastro no site notadomilhao.prefeitura.sp.governo.br e solicitar a nota fiscal para os prestadores de serviço como academias, estacionamentos, salões de beleza, faculdades, hotéis, entre outros.

Quem já estava cadastrado na Nota Fiscal Paulistana não precisa fazer novo cadastro.

Veja também: 


 



Tatiana Santiago
G1 
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...