quarta-feira, 26 de abril de 2017

Ex-governador da Bahia, petista Jaques Wagner diz que Lula virará 'herói' se for preso


Imagem: Montagem / Folha Política
O ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, disse nesta segunda-feira que o ex-presidente Lula é candidato a presidente em 2018 e que o petista virará “herói” caso seja preso ou mesmo impedido de concorrer. Durante seminário promovido pelo PT em Brasília, Jaques ainda afirmou que o empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, sofreu “tortura psicológica” para dar as declarações contra Lula no caso do tríplex do Guarujá (SP).



— O Léo está sofrendo tortura psicológica. Ele pode dizer o que quiser. Construíram um roteiro e querem a confirmação. Para mim, Lula é candidato em 2018. Se interditarem o Lula, a história não para por aí. Não quero fazer comparações, mas todos que são perseguidos, presos, como Tiradentes, viram heróis. Preso, a imagem é mais forte para virar herói. Mas interditado (em sua candidatura) também — disse Jaques Wagner.

Wagner, que também foi ministro em diversas pastas nos governos de Lula e Dilma, atualmente é secretário estadual de Desenvolvimento Econômico da Bahia, na gestão de Rui Costa (PT).

Leia também: 

Ele afirmou que irá acompanhar Lula em seu depoimento em seu depoimento ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba, quando ele ocorrer. O PT organiza uma manifestação popular no dia da audiência.

— Será um ato de solidariedade a Lula e não de confrontação a ninguém — disse o ex-governador.

Lula já é réu em cinco ações penais, depois de três anos de Lava-Jato. Entre integrantes da cúpula que participam do seminário em Brasília, a avaliação é que o cerco a ele está se fechando e a situação se tornando cada vez mais delicada.

Veja também: 







Cristiane Jungblut
O Globo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...