segunda-feira, 10 de abril de 2017

Gilmar Mendes arrasa o grupo UOL/Folha apontando que tiveram evento patrocinado pela Odebrecht


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Após publicação de artigo que afirmava que "Patrocinadores de evento de Gilmar têm processos no STF", o ministro Gilmar Mendes publicou uma carta aberta em resposta ao jornal Folha de S. Paulo. Na carta, Mendes lembra que o jornal, recentemente, realizou evento patrocinado pela Odebrecht. O ministro do STF afirma ainda que o jornal mentiu ao afirmar que procurou o STF ou o TSE para solucionar dúvidas. 



Leia abaixo a carta de Gilmar Mendes: 

Carta em resposta a matéria publicada no jornal Folha de S.PauloPrezados editores, 
Em relação à matéria "Patrocinadores de evento de Gilmar têm processos no STF", publicada no jornal Folha de São Paulo, no dia 7 de abril, cabe esclarecer que o Seminário Luso-Brasileiro de Direito é organizado pelo Instituto Brasiliense de Direito Público, pela Fundação Getúlio Vargas e pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, tal como em anos anteriores. Sendo assim, é no mínimo má-fé a referência feita no título da matéria.
Leia também: 

Os patrocinadores são do evento, que, imagino, seja de interesse público, como indica a prática das instituições que o realizam. 
Resta-me a surpresa dos critérios usados pela Folha de São Paulo em divulgações dessa natureza, pois recentemente este mesmo jornal realizou evento com patrocínio da Odebrecht e nem por isso publicou matérias colocando em dúvida a índole ética de tal fato. Questiono: a Folha resta suspeita ao aceitar patrocínio da Odebrecht? 
Se há problemas de caráter ético, quem critica deveria ser o primeiro a dar exemplo. A Folha aceita patrocínio para seus eventos. Na mesma página em que a Folha me critica, há anuncio de evento patrocinado pela Petrobras. 
Interessante também que a Folha de São Paulo tentasse despersonalizar o fato no compromisso do bom jornalismo: este é um evento que três instituições acadêmicas sérias realizam para discutir temas relevantes da nossa realidade institucional. A matéria não trouxe nenhuma palavra sobre isso. 
Por derradeiro, patrocinadores de eventos do IDP não são meus patrocinadores, não são patrocinadores do Gilmar. Eles são patrocinadores só do evento. 
E como se não fosse muito, minha surpresa não para por aí, uma vez que a reportagem da Folha, ao contrário do publicado, não procurou o Supremo Tribunal Federal ou o Tribunal Superior Eleitoral para esclarecer eventuais dúvidas. 
De qualquer sorte, vocês estão efusivamente convidados para irem a Lisboa e acompanharem o evento que é realizado, não por mim, mas pelo IDP, pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e pela Fundação Getúlio Vargas. 
Gilmar Mendes
Ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral

 Veja também: 

 



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...