quarta-feira, 12 de abril de 2017

Lula sai massacrado da delação da Odebrecht, diz colunista


Imagem: Reprodução
O jornalista Ricardo Noblat, do jornal O Globo, listou as acusações contra Lula nas delações da Odebrecht, cujo sigilo foi retirado. O título do artigo resume a situação do ex-presidente: Lula sai massacrado da delação da Odebrecht.


Leia abaixo o texto de Noblat:

Rol das acusações que pesam sobre Lula depois da suspensão do sigilo em torno das delações dos executivos da Odebrecht:
* Lula se comprometeu a melhorar o relacionamento entre a empresa e a ex-presidente Dilma em troca de apoio aos negócios de Luís Cláudio Lula da Silva, seu filho caçula;
* A pedido de Lula, a Odebrecht pagou mesada em dinheiro vivo ao seu irmão José Ferreira da Silva, o “Frei Chico”. Foi ele o responsável pela entrada de Lula na vida política;
* Lula intermediou negócio da Odebrecht com empresa do seu sobrinho Taiguara Rodrigues, no âmbito de contratos em Angola, com financiamento do BNDES. Segundo Marcelo Odebrecht, Taigara criou a empresa sem ter experiência na área de construção e somente para fazer uso da influência de Lula;
* A Odebrecht pagou despesas de Lula com a reforma do sítio de Atibaia, no interior de São Paulo, aquisição de imóveis para seu uso pessoal, instalação do Instituto Lula e palestras;
* Lula e o governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT) atuaram politicamente para tornar possível a contratação da Odebrecht que construiu obras no Porto de Mariel, em Cuba. O empreendimento foi orçado em US$ 957 milhões – dos quais US$ 682 milhões saíram do BNDES;
* Lula pediu e obteve da Odebrecht dinheiro de Caixa 2 para a campanha de Fernando Haddad (PT) à prefeitura de São Paulo em 2012. O dinheiro pagou o trabalho do marqueteiro João Santana.
Leia também: 
Patriarca da Odebrecht 'enterra' Lula e acaba com seu discurso sobre o sítio de Atibaia; veja
URGENTE: Alexandrino confessa que palestras de Lula eram 'remuneração' de propina para Lula; veja vídeo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...