terça-feira, 11 de abril de 2017

Quadrilha de Cabral na Saúde recebia R$ 450 mil de mesada


Imagem: Vagner Rosário / Veja
O esquema de corrupção na Saúde revelado pelo Ministério Público Federal nesta terça (11) aponta que a quadrilha de Sérgio Cabral recebia uma mesada de 450.000 reais.

O dinheiro era desviado na compra de materiais médicos, totalizando 16 milhões de reais em propinas.

Leia também: 

De acordo com o MPF, o ex-governador recebia 5% do que era desviado na compra de próteses e equipamentos médicos. Também eram peças-chave do esquema os empresários Miguel Iskin e Gustavo Estellita, assim como o ex-secretário de Saúde Sérgio Côrtes.

Ainda segundo a investigação, Côrtes recebia 2% do valor dos contratos fechados entre a Secretaria de Saúde e o empresário Oscar Iskin.

Os dois também mantinham um esquema de divisão de 40% do valor arrecadado com estes contratos. O montante, de acordo com o MPF, era depositado numa conta do Bank of America, nos Estados Unidos.

Veja também: 

 




Ernesto Neves
Veja
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...